mainieri's

terça-feira, novembro 21, 2006

Espelho




Você que escuta a música
das palavras
invadir o quarto
sente os pingos da chuva
batucarem
num toque nagô.


Sou feito você
habito pelos recantos
onde se destilam
policromáticas emoções.


Que jorram pela cidade
e deságuam
no horizonte
em cristalinas sensações.


São jatos de luz
rasgando a neblina
revelando retalhos do caminho.


Que é meu
teu também
nas esquinas transitórias
do tempo.


Ricardo Mainieri

2 Comentários:

  • Olá Ricardo!
    Parabéns pela poética de fina estampa.

    Por Blogger Benny Franklin, Às 4:29 PM  

  • Adorei o poema, mas, particularmente,me incomoda o verso "cristalinas sensações". Acho-o, educadamente, desnecessário.

    Por Anonymous Ludmila, Às 11:50 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial