mainieri's

domingo, outubro 22, 2006

Geometria da chuva




Verticalmente
pingos se projetam
do céu.

Geometria de formas
em depressão.

Contornos da cidade
se perdem
o cinza impera
nas ruas & coração.

Ferrugem do tempo
estagnação.

Ricardo Maineiri

2 Comentários:

  • oi ricardo,
    este poema fala muito pra mim, afinal moro em uma cidade pródiga em chuvas. muito bom mesmo.
    abraços
    Rubens

    Por Blogger Rubens da Cunha, Às 9:25 PM  

  • Ricardo

    Já conhecia o poema "Geometria da Chuva"; sempre bom reler você.

    Beijos

    Cissa de Oliveira

    Por Anonymous Cissa de Oliviera, Às 8:50 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial