mainieri's

quarta-feira, junho 05, 2013

Navegação em mar íntimo

     
 Pela tarde

navego

o sol por testemunha.



Nave de esperança

embora a vida me desminta.



A mente é ilha

dúvidas em mar aberto.



A outra margem é distante.



No peito um eco

de tempos que ainda pulsam.



Amplificam & traduzem

o homem que me habita.



E que reabilita meus sonhos.




Ricardo Mainieri

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial