mainieri's

sexta-feira, maio 10, 2013

Confronto



percebo
a inutilidade de insistir


a incapacidade 

de inserir luz 
na alma escura das pessoas


tudo é muito escuso 
tudo é muito espúrio


não sou homem puro 
no entanto tento


ao menos abrir a janela 
e me encantar
com a dança serena 
dos girassóis


Ricardo Mainieri

1 Comentários:

  • Embarquei no ônibus lotado e fui me espremendo. Assim que consegui, li o poema no vidro e me encantei - aliviou a pressão do ambiente. Fui forçando a passagem até o final do coletivo, onde tinha mais espaço e encontrei lá atrás, adivinhe, minha filha! Perguntei pra ela de cara - leu o poema do vidro? que lindo! Ala disse que tinha adorado. Só então, reli o poema até o fim e me dei conta que o autor era meu amigo RICARDO MAINIERI!! Disse pra minha guria, que o autor era meu amigo (mesmo que virtual) hahaha! Acho que falei meio alto, o pessoal ficou me olhando hahahaha
    Parabéns! Belo poema!

    Por Blogger Mauro Castro, Às 9:53 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial