mainieri's

domingo, setembro 11, 2011

11 de setembro






Duas torres
refulgem ao fogo.

Fuligem
num claro setembro.

Duas torres
no tabuleiro do mundo.

Em fuga.

Nenhuma torre.

E o terror
de um xeque-mate.


Ricardo Mainieri

1 Comentários:

  • um xeque-mate realmente. um dia que entrará para a história muito mais pelo que se mudou após do que pela tragicidade do fato.

    belo texto.

    abraço!

    Por Blogger Celso Mendes, Às 9:32 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial