mainieri's

terça-feira, julho 05, 2005

Alphavella



Favelas
velam o sono
da burguesia.

Promessas de caminhos
assépticos & salubres
no discurso dos políticos.

Distantes disso
pobres padecem no céu
& esgoto abertos.

Ricardo Mainieri


inspirado no poema Favela de uma amiga

1 Comentários:

  • Olá Ricardo,
    muito bom este poema, este "&" deu a ele um ar moderno. O contraste céu/esgoto aberto ficou perfeito. Pena que seja o retrato de uma das grandes imperfeições desta nossa terra.

    abraços
    Rubens

    Por Anonymous Rubens da Cunha, Às 11:25 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial