mainieri's

quarta-feira, janeiro 30, 2013

Para que serve a poesia?


Seleção de signos
singra num mar
de adversidades & calmarias.

Lança no ar sua melodia 
melosa ou ácida.

Seu ritmo (des)compassado
escreve na partitura da vida.

Formosa ou disforme
desfila na passarela da tela
ou do papel.

Por vezes em tons pastéis
noutras nas cores da morte
reconhece sua missão
omissão jamais...


Ricardo Mainieri

__________________________________

revisitando os conceitos de Ezra Pound


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial