mainieri's

segunda-feira, abril 04, 2011

O mapa do coração






Morreu o poeta.

No mapa da cidade
silêncio de passos
na Rua dos Cataventos.

Morreu o poeta.

Por que não tantos outros ?

Tornando órfãos
flores
pássaros.

O sol saudando o Guaíba
no cais
à tarde.

Morreu o poeta.

E um pouco
de humanidade
na paisagem desmaiada
de maio.


Ricardo Mainieri

_________________________________



do livro inédito "O passaporte de Eros"

2 Comentários:

  • Belíssimo! Uma homenagem à altura do homenageado. Parabéns!

    Grande abraço!

    Por Blogger Celso Mendes, Às 11:28 AM  

  • Ricardo,
    Que belíssimos versos para reverenciar nosso poetinha.
    Adoro Mário Quintana, vou deixar-lhe o poema-homenagem, que escrevi em outros tempos:

    “QuintanAres”

    Com teu “poeminha do contra”
    Coroaste cata-ventos
    Cada pedra que olhaste
    Diz teus versos descalços
    À flor dos minuanos.
    Teus sapatos seculares.
    --------------

    Abração

    Por Blogger Tere Tavares, Às 10:58 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial