mainieri's

sexta-feira, abril 01, 2011

Lírica







Meu lirismo
brasileiro
cruza anos.

Nos mares da criação
(sobre)vive.

Apesar
do concreto
pós-moderno

Do naufrágio da emoção.


Ricardo Mainieri

_________________________________



do livro inédito "O passaporte de Eros"
crédito foto aérea de Florianópolis : Lílian Maial

2 Comentários:

  • Olá Ricardo!

    Eis ai o verdadeiro desafio de sobreviver no mar de criações sem emoções, com o lirismo que faz da criação, o próprio ingrediente capaz de emocionar.
    Belo!
    um abraço,
    Celêdian

    Por Blogger Celêdian Assis, Às 2:17 AM  

  • Gosto muito deste poema.
    Muito.

    beijo,
    El

    Por Blogger Eliana Mora [El], Às 9:00 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial