mainieri's

terça-feira, outubro 08, 2013

Autocrítica


ensaio o poema

leio & releio

e o apago da tela

mais alguns versos
que se vão ralo abaixo

palavras fluíram
mas não venceram o embate

com minha autocrítica



sou um chato
confesso

e assim deixo a noite
tecer sua teia
de sono & entrega


amanhã recomeço.



Ricardo Mainieri
_______________________________

poema incidental: O elefante, de Drummond

1 Comentários:

  • De um insucesso, compuseste este belo poema, Ricardo. A criação é isso mesmo: nunca devemos nos dar por vencidos.
    Parabéns!

    Adelar

    Por Blogger ofazedordeauroras, Às 11:28 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial