mainieri's

quarta-feira, novembro 30, 2011

Da poesia






O poeta não pára
por isso não é um pária

como julgam algozes
do sentimento

lavra, lima, esmerilha
a palavra

e a acasala
em casas de quatorze versos

ou então
concede liberdade ao verbo

o poeta
profetiza em rimas

ironiza
ou declara seu amor

assim por bel-prazer
intencionalmente

o poeta
é
foi
será

forever

------------------------------------------------

para o poeta Waldo Motta. Conheça mais seu trabalho aqui clique

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial