mainieri's

domingo, junho 26, 2011

Entressafra






De cristal líquido
a tela espera
que as palavras
vertam.

Da alma seca
do poeta
brotam cactus.

Nenhum presságio
de chuva...


Ricardo Mainieri

2 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial