mainieri's

sexta-feira, julho 09, 2010

Portaberta para o imaginário






Chuva vêm sem convite
e navego
cidades imaginárias.

Buscando endereços
de outros tempos.

São ruas discos livros
são poemas & performances
pessoas de estimação.

São saudades mansas
que levo na coleira.

Pensamentos que passeiam
ensolarados.

Por vezes
demoro neste retorno.

No entanto
- como sempre -
aterriso em plena sala.

E a rotina
- viscosamente -
vai se impregnando...


Ricardo Mainieri

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial