mainieri's

quarta-feira, agosto 10, 2016

Do ofício


Este poema recebeu a segunda colocação no Prêmio de Poesia Lila Ripoll, 2016, Porto Alegre/RS



DO OFÍCIO


escrever me redime
escrever me consola

expulsa
de meu templo
decaídos & demônios

reconstrói pontes
interditadas

desentope os poros
da alma

por isso
sobrevivo em versos

e canto.




Ricardo Mainieri 

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial